Como usar os juros compostos para enriquecer?

Albert Einstein já dizia que os juros compostos são a força mais poderosa do universo.

Não sei há quanto tempo você investe. Normalmente, quem está nos primeiros meses deste processo, mesmo pesquisando e seguindo recomendações, ao avaliar o resultado da carteira o sentimento que se tem é de frustração. Afinal, a resposta de tanto esforço é traduzida em apenas alguns reais a mais na sua conta.

Será que valeu a pena essa dedicação?

Seguramente pode não valer a pena numa visão de curto prazo. No entanto, se você pensar no longo prazo, temos alguns elementos importantes que contribuirão com a condução da sua estratégia e com a sustentabilidade de suas escolhas.

Neste artigo, apresentarei algumas reflexões sobre este tema para que você entenda definitivamente os juros compostos e como utilizá-los ao seu favor.

Seu conhecimento é um ativo que se valorizará com o tempo

O primeiro ponto a ser levado em consideração é o aprendizado. Ao dedicar tempo à sua organização, ao seu orçamento, aos estudos de alternativas de investimento, esse conhecimento adquirido nunca será tirado de você.

Quando destina algum tempo para organizar a sua estratégia financeira, você terá uma bagagem a mais daquela que tinha anteriormente. Naturalmente, existirá alguma reflexão sobre escolhas feitas por você que deram certo e também aquelas que não funcionaram e deverão ser aprimoradas.

Dessa forma, o conhecimento sempre evoluirá, pois você terá uma outra visão ao buscar alternativas de investimento para colocar em prática.

Juros compostos na prática

Ao aprender sobre os juros compostos, é necessário entender que os rendimentos de um determinado período não são gerados apenas sobre o que você aplicou, mas também sobre os rendimentos passados.

Imagine que você aplicou R$ 100,00 em algo que rende 1% ao mês. Depois de um mês, você tem R$ 101,00. Depois de dois meses você não terá R$ 102,00, mas o rendimento de 1% sobre os R$101,00, que totalizará R$102,01. Quanto mais tempo passar, mais haverá ganho sobre ganhos, a ponto de você ter ao longo do tempo um crescimento cada vez mais acelerado do seu capital.

Para aprofundar mais sobre o tema, acesse nosso conteúdo sobre o tema em: Como calcular Juros Compostos: descubra a dica de ouro para utilizá-los ao seu favor

Por que o primeiro milhão é mais difícil?

Acrescento um outro exemplo para você entender esse conceito. Você quer chegar ao seu primeiro milhão de reais em investimentos, como é um investidor iniciante, a sua carteira é de R$ 10.000 composta, por exemplo, por 50% em renda fixa e 50% em renda variável. Suponhamos que seja um ano fantástico para a renda variável e aquele seu 50%, ou seja, R$ 5.000 que estão na renda variável virem R$ 15.000. Você tem aí 200% de ganho e os seus R$ 10.000 viraram R$ 20.000.

Por outro lado, você passou por um certo sacrifício para alcançar este resultado. Buscou uma estratégia de risco, passou por um período de volatilidade, de ansiedade, de stress nos investimentos e o rendimento depois de um ano é R$ 10.000. Para muitas pessoas, é um resultado difícil de alcançar. No entanto, você olha a dimensão deste fruto e parece não ser proporcional ao esforço investido, ao risco que você assumiu.

Imagine que depois de um tempo você continuou com a sua estratégia, teve anos bons e anos ruins e, então, chegou ao seu primeiro milhão de reais.

Nesse segundo momento você continua com uma estratégia de ter 50% em renda fixa e 50% em renda variável, e encontra um outro ano sensacional para renda variável que você tem os mesmos 200% de ganhos na sua carteira. Aqueles 50% que eram R$ 500.000 viraram R$ 1.500.000.

Percebe que o segundo milhão chega muito mais rápido que o primeiro?

No começo estávamos falando de volumes de R$ 10.000, talvez R$ 100.000 e até chegar no milhão demoraria certo tempo. Depois que temos um volume maior, chegar ao segundo número dessa magnitude já torna-se um processo um pouco mais fácil.

No vídeo a seguir, eu explico um pouco mais sobre como alcançar o primeiro milhão. Não deixe de assistir!

https://youtube.com/watch?v=vUSu48kOJCw%3Ffeature%3Doembed

Conclusão

Espero que você tenha entendido o conceito dos juros compostos. Quanto mais você tem, mais rapidamente constrói o resultado. Obviamente esta construção envolverá uma estratégia consistente e com mais consciência em suas escolhas, não especulando, tomando o cuidado para não cair em pirâmides financeiras e não colocar todo seu capital em uma única estratégia que parece milagrosa.

É importante ter em mente que o longo prazo é muito mais importante do que a aceleração no curto prazo. O efeito acumulado em sua estratégia pode ser mais interessante do que uma aposta que às vezes pode dar certo e outras vezes pode não dar.

Prefira uma estratégia consciente, porque além do tempo e do conhecimento acumulado, os juros compostos vão se encarregar de entregar para você o resultado que no curto prazo parece não acontecer.

Sucesso ao colocar em prática suas estratégias!

Fonte: btgpactualdigital


0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *