O surf sempre foi uma das minhas paixões, por isso, decidi pegar em uma prancha e explorar o oceano. O que nem todo mundo percebe é que existem lições que podem ser aplicadas ao mercado financeiro em diversos momentos — até mesmo aprendendo a surfar.

Enquanto eu desenvolvia os conhecimentos e praticava sobre as ondas, percebi que muitos aprendizados poderiam ser colocados em prática ao fazer investimentos. Com esse tipo de entendimento, é possível transformar a própria estratégia de alocação e os resultados obtidos.

Quer saber o que eu descobri aprendendo a surfar e que pode se aplicar aos investimentos? Confira 5 lições!

1. As ondas representam ciclos

A existência do surf depende da ocorrência de ondas, não é mesmo? Afinal, se o mar estivesse sempre tranquilo e sem movimentação, seria praticamente impossível deslizar pelas águas e sentir toda a adrenalina que a prática oferece.

Ao trazer essa analogia para o mercado financeiro, você notará que os investimentos também apresentam ondas. A diferença é que elas, na verdade, correspondem aos ciclos financeiros que são comuns ao longo do tempo.

Isso significa que, em determinado momento, os investimentos podem não ir tão bem quanto o esperado. Mas, se os ativos e produtos financeiros forem bem escolhidos — conforme as suas características e avaliação geral das condições —, eles poderão se recuperar em outro momento.

Assim como uma nova onda sempre surgirá no mar, novos ciclos poderão ocorrer na economia.

2. Nem toda onda é uma oportunidade

Enquanto eu estava aprendendo a surfar, aprendi na prática que nem toda onda deve ser surfada. Em algumas situações, pode não valer a pena o esforço ou, em outros, o risco pode ser muito elevado.

Por isso, é preciso avaliar bem cada oportunidade para não entrar em uma onda errada. Assim, é possível se proteger e ainda poupar energia para as ondas mais adequadas.

No caso do mercado de investimentos, é preciso considerar que, de tempos em tempos, surgem novidades nesse ambiente. Assim, é comum que novos produtos e até novas estratégias se popularizem, chamando a atenção dos investidores.

Porém, antes de aproveitar todas as oportunidades do tipo, é preciso entender se essa é uma possibilidade realmente interessante ou se é uma armadilha. Para tanto, vale a pena ter a perspectiva de longo prazo, evitando ondas passageiras.

Nesse sentido, o estudo é ainda mais importante. Com conhecimentos sólidos, você terá uma capacidade ampliada de decidir quando e como fazer investimentos. Assim, é possível fugir de alternativas que parecem ser interessantes, mas que podem comprometer a sua estratégia.

3. A correnteza é passageira

Ao seguir mar adentro, em algumas oportunidades eu me deparei com as correntezas do oceano. Embora elas façam parte da vida de qualquer surfista, é preciso ter atenção para não ser tragado por esse movimento do mar.

No mercado financeiro, a correnteza pode ser equiparada à volatilidade. Ou seja, quanto mais alterações ocorrem e quanto mais profundas elas forem, mais volátil é o investimento.

Porém, assim como a correnteza, essa é uma característica comum do mercado. Em alguns momentos, a bolsa de valores pode ter períodos de euforia e elevada valorização, por exemplo. Mas também pode haver movimentos de queda importantes, especialmente em momentos de pânico.

Nesse contexto, é preciso avaliar com cuidado a situação, de modo a não ser influenciado pelo efeito manada. Afinal, se você se deixar levar, poderá tomar decisões precipitadas e potencialmente negativas para a sua estratégia.

Para lidar com essa situação, é preciso desenvolver o estudo técnico e também cuidar dos aspectos comportamentais. Assim, você poderá manter a serenidade, fortalecendo sua estratégia de investimento e seu plano de longo prazo.

4. Cada mar exige um equipamento diferente

Enquanto estava aprendendo a surfar, eu percebi que cada mar tem suas próprias características — e isso se reflete nos equipamentos que devem ser usados pelos surfistas.

Se você estiver em uma praia conhecida por ondas gigantes, por exemplo, será preciso estar preparado para encarar essas condições. Do contrário, você pode ficar em risco ou não aproveitar as oportunidades da melhor forma.

Ao pensar nos investimentos, também é preciso dispor das ferramentas certas. Nesse caso, a ideia é ter as habilidades adequadas para cada momento do mercado e suas condições.

A proposta é que você seja capaz de não se desfazer de bons ativos em momentos de queda acentuada e de não se empolgar de modo imprudente em períodos de alta. Logo, é essencial estar apto a fazer uma boa leitura do contexto econômico.

Desse modo, você pode interpretar as condições sem ficar à mercê de movimentos aleatórios do mercado.

Entre as habilidades mais importantes para quem deseja investir, estão:

  • autoconhecimento
  • disciplina financeira
  • capacidade de elaborar uma estratégia
  • entendimento sobre os riscos.

Assim, você pode utilizá-las conforme as condições do mercado financeiro e as suas análises pessoais.

5. A natureza tem seu próprio tempo

Durante o meu aprendizado no universo do surfe, tirei outra lição significativa: a natureza tem o seu próprio tempo. Isso significa que um surfista ou qualquer outro praticante de esportes não melhora a performance em um único dia. É preciso ter consistência, disciplina e esforço constante para alcançar o desenvolvimento.

Além disso, pode acontecer de o mar não ter boas ondas ou de o vento ser muito intenso durante diversos dias, por exemplo. Porém, sempre chega o momento em que há boas ondas, dias ensolarados e as condições ideais para surfar.

O mesmo acontece com os investimentos, já que os juros compostos farão seu papel no tempo certo. Para que isso seja possível, é preciso confiar na sua estratégia de investimentos, aprender ao longo do tempo e realizar aprimoramentos, se necessário.

Porém, importante ter paciência para que os resultados sejam construídos ao longo dos anos. Especialmente no caso de investimentos de longo prazo, é preciso garantir que haja tempo para a maturação e consolidação da performance.

Como você viu, existem muitas lições que descobri aprendendo a surfar e que podem ser aplicadas ao mercado financeiro. Assim, com um bom preparo técnico e comportamental, você poderá desenvolver e consolidar sua estratégia de alocação e fazer bons investimentos.

Que tal aproveitar os diferentes investimentos do mercado com uma instituição sólida e completa? Abra sua conta com a Delta

Fonte: btg


0 comentários

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *